Nossa Senhora da Assunção e São José


57 anos da Fundação

Ao festejarmos os 57 anos da Fundação,
rendemos graças a Deus,
partilhando as obras de Deus,
Sua ação toda de Bondade
e Misericórdia; fazendo florir o jardim,
cujas flores alimentamem si o amor e a doação
por todos os membros da Igreja,
por todos os filhos de Deus.

No dia 8 de janeiro de 2017 – Solenidade da Epifania do Senhor na Sta Missa das 9:00 nossa comunidade do Carmelo de Curitiba, celebrou a Profissão Solene da Ir.Maria da Eucaristia. 

 

 

 

 

Santa Elisabete da Trindade, monja carmelita, que fizera sua Profissão Solene na Solenidade da Epifania, escreveu:
“Que melhor solenidade poderia convir à celebração das núpcias místicas dessa donzela, sobre a qual se levantava "a glória do Senhor"? 
A liturgia cantava nesse dia em diversos cânticos a sua história e a sua vocação. Guiada pela luz divina, ela também, apesar do eclipse momentâneo da estrela, corajosamente perseverara na procura do Senhor; abrindo também os seus tesouros, oferecia-lhe o ouro de um coração puro, o incenso de uma vida toda de orações, a mirra do sacrifício de tudo e de si mesma”.
Assim também esta nossa Irmã fez sua Profissão exclamando iguais louvores ao Rei divino que por nós nasceu; com os magos cantou louvores junto a Ele:

 

 

 

 

 A santa Missa vivida com grande fervor por todos os presentes, brilhou com toda a certeza, com a mesma força da estrela que guiou os reis magos para junto do Deus Menino nascido. Cremos que assim é possível, pois foi o mesmo Deus que chamou, escolheu e conduziu essa jovem a seguir e perseverar com os olhos fixos em Jesus, “autor e consumador de nossa fé”. Frei Nelson Raimann OCD, irmão e grande amigo da comunidade, acessor da Associação dos CArmelos do Sul  presidiu a Santa Missa.
Concelebraram sacerdotes próximos do Carmelo e da família da Ir. Maria da Eucaristia. 

 

 

 

 

Seus queridos pais, irmãos, familiares e amigos se uniram com toda a Igreja e o Carmelo na entrega da filha para Deus que a consagrou. 

 


 

 

 

Seguiremos destacando palavras do Papa Francisco
no documento para o Ano da Vida Consagrada,
unindo à vida e caminhada vocacional de nossa comunidade.

 

“Juntos, damos graças ao Pai, que nos chamou para seguir Jesus na plena adesão ao seu Evangelho e no serviço da Igreja e derramou nos nossos corações o Espírito Santo que nos dá alegria e nos faz dar testemunho ao mundo inteiro do seu amor e da sua misericórdia”. (Papa Francisco)

 

 

 

 

Sobre essas belíssimas palavras do Papa dirigidas na Carta Apostólica às pessoas consagradas, por ocasião do Ano da Vida Consagrada – 30 de novembro de 2014 a 02 de fevereiro de 2016, anexamos como expressão viva a foto de nossa comunidade revelada neste início do ano de 2017, em que celebramos a Profissão Solene da Ir. Maria da Eucaristia.

 

 

 

 

“Nas suas origens, está presente a ação de Deus que, no seu Espírito, chama algumas pessoas para seguirem de perto a Cristo, traduzirem o Evangelho numa forma particular de vida, lerem com os olhos da fé os sinais dos tempos, responderem criativamente às necessidades da Igreja”. (Papa Francisco)

 

No  dia 10 de fevereiro nosso Carmelo de Curitiba comemora os 57 anos da chegada das Irmãs Fundadoras em Curitiba para a Fundação do Carmelo. Dia 11 – Memória de Nossa Senhora de Lourdes, primeira Missa celebrada no terreno a ser construído o mosteiro, junto a uma casa que abrigou as Irmãs durante o período da construção.

 

 

 


Última Fundação das oito saídas do Mosteiro de Santa Teresa – São Paulo: Campinas – 1926, Mogi – Aparecida – 1932, Belo Horizonte – 1941, Poá – Jundiaí – 1944, Cotia – 1947, Piracicaba – 1951, Bahia – 1958, Curitiba – 1960.  

 

 


Foto da comunidade das Irmãs Fundadoras                             

clique  aqui e confira a história da Fundação 

 


“Depois a experiência dos inícios cresceu e desenvolveu-se, tocando outros membros em novos contextos geográficos e culturais, dando vida a modos novos de implementar o carisma, a novas iniciativas e expressões de caridade apostólica. É como a semente que se torna árvore alargando os seus ramos”. (Papa Francisco)

 


No ano de 2010 celebramos o Jubileu de Ouro de Fundação do Carmelo de Curitiba. É bonito contemplar a comunidade daquele ano, as vocacionadas que então estavam fazendo sua caminhada de discernimento, frutos da graça do ano jubilar:
Roselei – noviça, Patrícia – postulante, Célia – aspirante, Luana – aspirante, Tatieli – aspirante, Mariana -  postulante.

 

 

 

 


Passados 7 anos, contemplamos esta nova foto. 

 

 


 


A Roselei – Professa Solene – com o nome de Ir.Isabel dos Anjos, Ir.Patrícia – Professa Solene – com o nome de Ir.Patrícia da Santíssima Trindade e Sta Teresa, Célia – Professa Solene – com o nome de Ir.Maria José de Jesus, Luana – Professa Solene – com o nome de Ir.Maria da Eucaristia.

 

 

 

 


“...confessar, com humildade e simultaneamente grande confiança em Deus Amor (cf. 1 Jo 4, 8) a própria fragilidade e para vivê-la como experiência do amor misericordioso do Senhor; ocasião para gritar ao mundo com força e testemunhar com alegria a santidade e a vitalidade presentes na maioria daqueles que foram chamados a seguir Cristo na vida consagrada”.(Papa Francisco)

 

 


 

 


“Esta é a esperança que não desilude e que permitirá à vida consagrada continuar a escrever uma grande história no futuro, para o qual se deve voltar o nosso olhar, cientes de que é para ele que nos impele o Espírito Santo a fim de continuar a fazer, conosco, grandes coisas. Não cedais à tentação dos números e da eficiência, e menos ainda à tentação de confiar nas vossas próprias forças”. (Papa Francisco)

 

É maravilhoso contemplar os caminhos percorridos com a graça de Deus. A Tatieli que fez sua experiência no Carmelo em 2010, transcorrido o período da experiência no Carmelo, regressou à Congregação das Irmãs Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus. Registramos esse período com uma bonita foto da Tatieli e da Luana

 

 


 

 

Durante esses anos, a Tatieli manteve amizade e contato com nossa comunidade, marcando presença nas Profissões Solenes das suas companheiras de experiência no Carmelo. Nos alegramos em publicar essa foto, agradecendo a bondade de Deus na alegria dos seus consagrados. 

 

 


 

 

“Com atenta vigilância, perscrutai os horizontes da vossa vida e do momento atual. Repito-vos com Bento XVI: «Não vos unais aos profetas de desventura, que proclamam o fim ou a insensatez da vida consagrada na Igreja dos nossos dias; pelo contrário, revesti-vos de Jesus Cristo e muni-vos das armas da luz – como exorta São Paulo (cf. Rm 13, 11-14) –, permanecendo acordados e vigilantes». Prossigamos, retomando sempre o nosso caminho com confiança no Senhor”. (Papa Francisco)

 

 

 

 

 


Na Profissão Solene esteve presente também as jovens Elisiê e Gabriela que estão sendo acompanhadas num processo de discernimento antes de iniciarem a experiência, a Elisiê iniciou no dia 11 de janeiro o período de experiência.

 

 

 

 


“Dirijo-me sobretudo a vós, jovens. Sois o presente, porque viveis já ativamente dentro dos vossos Institutos, prestando uma decisiva contribuição com o frescor e a generosidade da vossa opção”. (Papa Francisco)

 

 


                               

 

 

Agradecemos ao bom Deus a confiante e feliz caminhada destas vocacionadas, acolhendo pela vida os apelos e pedidos do Papa. Que o bom Deus continue a chamar e escolher muitos jovens, mantendo sempre a chama do amor e da doação acesas sob a humanidade.

 

 


 

 

“Que seja sempre verdade aquilo que eu disse uma vez: «Onde estão os religiosos, há alegria». Somos chamados a experimentar e mostrar que Deus é capaz de preencher o nosso coração e fazer-nos felizes sem necessidade de procurar noutro lugar a nossa felicidade, que a autêntica fraternidade vivida nas nossas comunidades alimenta a nossa alegria, que a nossa entrega total ao serviço da Igreja, das famílias, dos jovens, dos idosos, dos pobres nos realiza como pessoas e dá plenitude à nossa vida”.
 (Papa Francisco)

 

 


 

 

“Que entre nós não se vejam rostos tristes, pessoas desgostosas e insatisfeitas, porque «um seguimento triste é um triste seguimento». Também nós, como todos os outros homens e mulheres, sentimos dificuldades, noites do espírito, desilusões, doenças, declínio das forças devido à velhice. Mas, nisto mesmo, deveremos encontrar a «perfeita alegria», aprender a reconhecer o rosto de Cristo, que em tudo Se fez semelhante a nós e, consequentemente, sentir a alegria de saber que somos semelhantes a Ele que, por nosso amor, não Se recusou a sofrer a cruz”. (Papa Francisco)

 

 

 

 

“Numa sociedade que ostenta o culto da eficiência, da saúde, do sucesso e que marginaliza os pobres e exclui os «perdedores», podemos testemunhar, através da nossa vida, a verdade destas palavras da Escritura: «Quando sou fraco, então é que sou forte» (2 Cor 12, 10)”. (Papa Francisco)

 

 

 

 


“Bem podemos aplicar à vida consagrada aquilo que escrevi na Exortação
Apostólica Evangelii gaudium, citando uma homilia de Bento XVI: «A Igreja não cresce por proselitismo, mas por atracção» (n. 14). É verdade! A vida consagrada não cresce, se organizarmos belas campanhas vocacionais, mas se as jovens e os jovens que nos encontram se sentirem atraídos por nós, se nos virem homens e mulheres felizes! De igual forma, a eficácia apostólica da vida consagrada não depende da eficiência e da força dos seus meios. É a vossa vida que deve falar, uma vida da qual transparece a alegria e a beleza de viver o Evangelho e seguir a Cristo”. (Papa Francisco)

 

 


 


Contemplamos a nova geração, Ir. Maria da Eucaristia – Professa Solene, tem após si as três Irmãs que percorrem a formação inicial. Ir.Maria do Carmo, Ir.Elisabete da Trindade e Ir.Rosa, postulante – primeira vocacionada à Irmã Externa. 
( clique  testemunho). Confirmando a atração pela vida e testemunho das que Deus chamou e faz feliz por seu amor.

 


 


De 11 de janeiro a 09 de fevereiro a Elisiê, fez o seu primeiro período de experiência no Carmelo. Na alegria da convivência no Carmelo, fortaleceu seu coração para prosseguir sua caminhada vocacional.

 

 

 

É bonito por trazer alegria ao coração, fazendo elevar cantos de louvor à Bondade de Deus, contemplar a dimensão dos caminhos percorridos comparados com os horizontes a que somos chamados.
Ir. Margarete de Jesus Ressuscitado, Ir. Vania Cristina da Mãe de Deus e Maria Flávia de Jesus Crucificado, percorreram juntas o período de formação inicial no Carmelo. Iniciado em 1998 – Ir.Margarete, 1999 - Ir. Vania e 2002 - Ir.Flávia.

 

 


 

 

Numa caminhada feliz e confiante, Ir. Vania (na foto, a do meio), atualmente está auxiliando no Carmelo de Rio Grande, sendo acompanhada por nosso amor e orações, confiando que como boa semente, já como uma árvore em crescimento contínuo fecundará em boas vocações, para este Carmelo.

 

 


 


 

 

 

Dessa forma delineamos em breves pinceladas uma bonita pintura
de alguns ângulos da história
deste Carmelo,
cujos frutos são as vidas de cada Irmã. 
Celebramos os 57 anos de fundação
no dia da memória litúrgica
de Nossa Senhora de Lourdes.

 

 

 

 

 

 

 

Carmelo dedicado à Assunção
de Nossa Senhora e São José,
Ordem de Nossa Senhora do Carmo. 
Sempre Maria a iluminar e guiar os passos
de nossa história com seu Filho Jesus;
como Mãe e Mestra,

irmã e amiga na caminhada de fé.

 

 

 

 

 

 

Madre Regina da Imaculada Conceição do Carmelo do Rio de Janeiro, fundadora do Carmelo de São Paulo em agosto de 1913, deixou escritas belas palavras apontando à Nossa Senhora:
“Vamo
s filhas, vamos lançarmo-nos aos pés
de Maria Santíssima nossa M
ãe,
peçamos-lhe suas lágrimas,
seus sentimentos e seus passos
para acompanhar Jesus ne
sta longa e dolorosa via, apoiemos nosso coração no de Maria;
tomemos nossa cruz cotidiana
em cada ação de nossa vida
e vamos com nossa Mãe ao encontro de Jesus, imitando-A, isto é, olhando sempre Aquele
que vai adiante nos abrindo
pela Sua Cruz o Caminho do Céu”.

 

 


 

“Bom é louvar o Senhor nosso Deus, cantar salmos ao nome do Altíssimo,
com alegria aclamar seu amor, sua glória , bondade e poder...

 

Agradecendo os 57 anos de Fundação

 

..Como tuas obras me alegram Senhor,
os teus prodígios suscitam louvor,
tua presença eu contemplo no céu,
olho a terra também nela estás”.

 


À Santa Madre Teresa nosso olhar,
nossa gratidão e nossa prece.

 

VEJA ÁLBUM DA PROFISSÃO SOLENE