Nossa Senhora da Assunção e São José


Beato Francisco de Jesus Maria José Palau y Quer

Presbítero, Fundador das Congregações de Irmãos e Irmãs Carmelitas Missionários

Francisco nasceu no dia 29 de dezembro de 1811 em Aytona (Lérida) na Espanha. Seus pais eram pessoas muito simples que trabalhavam no campo e, mesmo com tanto trabalho, sempre conseguiam tempo para agradecer ao Senhor e viver seus compromissos religiosos, pois eram muito fervorosos no amor a Deus e à Igreja. O vigário da paróquia de Aytona percebeu que Francisco tinha vocação e resolveu encaminhá-lo para o seminário.

Em 1828 entra para o seminário. E nesta sua caminhada para o seminário ele conhece o Carmelo Descalço e toma a decisão de que seria carmelita.

Francisco não teve medo das lutas anti-clericais, se sentia tranqüilo quando alguém o atacava, por seu amor e fidelidade a Igreja. Em meio a tanta perseguição ele não desanimou, permaneceu firme dando início a sua obra evangelizadora, marcada pela cruz e sofrimento.

Não podendo ficar muito tempo na Espanha, foi para um pequeno povoado de Pergeiam na França, vivendo intensamente em oração, ficando longos períodos nas grutas.

Ao regressar a Espanha em 1851 fundou em Barcelona a “Escola da Virtude”, uma escola de teologia para leigos. Mas devido à perseguição dos anti-clericais, esta é fechada e seu fundador é enviado ao exílio, para a distante ilha de Ibiza. Lá, viveu uma vida solitária, e foi nesta solidão que ele assumiu cada vez mais o seu carisma missionário.

De sua fecundidade apostólica nasceram novas congregações de matriz carmelitana: as Carmelitas Missionárias e as Carmelitas Teresianas.

Francisco morreu no dia 20 de março de 1872, em Tarragona.

Foi beatificado por João Paulo II no dia 24 de abril de 1988.