Nossa Senhora da Assunção e São José


VOCAÇÃO

UM DESPERTAR PARA A VIDA ...
VIVER ...
PARA SEMPRE VIVER ...    

 

Você pode nos perguntar:
Porque “despertar para a vida”?
Na verdade você mesmo
diante dessa sua pergunta,
já pode argumentar e responder:
A vida é vida por si mesma,
sua força e dinamismo
estão dentro dela mesma!!!

Resposta
superficialmente correta;
devemos então não somente perguntar, 
mas meditar sobre essa resposta que você deu:
 “A vida é vida por si mesma,
sua força e dinamismo estão dentro dela mesma”.  

       

E daí nos questionar:
Mas e eu? 

Eu estou dentro dessa vida,
melhor dentro dessa força e desse dinamismo
ou somente caminho através dos dias? 

 

 

 

 

 

 

 

“É tua alma qual um castelo, 
nele habita Divino Rei,
aberto e amplo, quanto um mundo, 
cheio de segredos...

 


 

 

Como um diamante é o seu brilho,
Sol interior, que a casa enche de Luz,
Amado e Bom Jesus!
Alarga a tua tenda, é Seu Lugar,

Em ti Deus vem morar...

 

 

 

JESUS TEU SOL BRILHE SEMPRE EM TI
ELE O CENTRO DO CASTELO INTERIOR
ETERNA FONTE QUE SACIA DE ALEGRIA
O MEU VIVER” ...

 

 

(Texto inspirado no livro: 
Castelo Interior de Santa Teresa de Jesus
– fundadora do Carmelo Teresiano)

 

 

 

 

Alegria     e      Tristeza:  

No Carmelo a tristeza tem seu espaço num contínuo auto-conhecimento que se pauta numa partilha estreita de vida entre as Irmãs, que nos faz entristecer diante das muitas energias que gastamos em trabalhos e buscas tão pobres; e é aí que entra a alegria de trabalhar conosco mesmas para superar-nos, melhorarmos nosso caráter e nossas escolhas, para daí sermos um sinal de esperança e de amor em tudo que somos e fazemos.    

 

 

 

Finito  e     InFinito:

O finito que se resume em todas as coisas, acontecimentos e ocasiões que passam, que acabam por não terem sua razão e força em si, mas sim existem e agem movidos e a serviço de uma pessoa ou circunstância. Assim no seguimento de Cristo descobrimos o desafio de equilibrar nossas escolhas fazendo e lidando com as coisas e atividades que passam, abraçando as que não passam. No Carmelo se procura uma convivência serena e harmoniosa entre a vida fraterna e o trabalho, a vida de oração e a relação com as pessoas e suas inquietações, a abertura do coração e da razão para ver em tudo e em todas as coisas a amorosa providência de Deus. A vida litúrgica e a vida mariana como escada, nos introduz na vontade de Deus e dos seus mistérios, quando então servimos e somos assistidos em tudo pela graça de Deus.

 

Plenitude     e   Solidão

Plenitude uma palavra que se abre como sinônimo de imensidão, de algo que nunca poderemos alcançar, daí que pode parecer: gastar tempo e energia naquilo que nunca alcançaremos. No Carmelo “esse nunca alcançar”, encanta, atrai, sacia; pois é nessa caminhada que nossos olhos e coração começam a perceber que o estar sós, estar na solidão é um espaço que temos para olhar de longe e de perto o quanto nossos passos podem ir longe quando a missão de Cristo se faz nosso projeto e nosso caminho, como única opção capaz de plenificar, pois é sempre nova e dinâmica.  

 

Liberdade  e Comprometer-se

Você pode contestar que acolher um estilo de viver pode à primeira vista parecer não ser uma boa escolha para quem quer caminhar na força e no dinamismo da vida. Argumentando que regras e orientações quando mau entendidas, sufocam e aprisionam os sentimentos e os anseios do coração. O estilo de vida que Santa Teresa de Jesus abraçou e doou para quantos o quisessem seguir parte de um princípio básico:  colocar o centro de sua vontade e de sua vitalidade sobre o Cristo, que quando foi elevado atraiu todos a Si ... e do alto nos eleva e nos transforma.

 

Irmãs

“Nossa Senhora cuida de nós ternamente, não apenas como Padroeira ou como Mãe, mas intimamente como Irmã. Maria surge como a nossa Irmã mais velha que nos precede na peregrinação de amadurecimento na fé”. É belíssimo refletir que com Nossa Senhora, formamos com a graça de Deus,  uma comunidade fraterna, chamada e escolhida por Deus para servir à Igreja desde nossa vida de oração, trabalho, convivência e ajuda mútua. 
De sermos verdadeiramente uma família reunida em nome do Senhor para o louvor de sua glória. 

Queremos estender em mais linhas sobre a presença de Nossa Senhora na vida do Carmelo, já que Maria está presente no despertar de cada vocação, no despertar da vida de cada filho de Deus, pois ela é Mãe de Deus e nossa. 
http://www.carmelocuritiba.com.br/index.php?pr=conteudo&mn_codigo=29&ct_codigo=191

 

Realidade Prática:

O processo de experiência, para aquele que sente o chamado, o apelo de Deus no seu coração, para o Carmelo, é ao mesmo tempo simples e decisivo.
Por e-mail, cartas e visitas, poderá se dispor a analisar e avaliar seus sentimentos e pensamentos.  O endereço por e-mail vocacional de nosso Carmelo de Curitiba é: vocacaocarmelo@gmail.com
No site  http://www.irmascarmelitas.com.br/   poderá conhecer um pouquinho de cada Carmelo presente no Sul do Brasil, que fazem parte da Associação Nossa Senhora do Carmo; igualmente seus endereços. Entre em contato para conhecer mais o Carmelo e todo processo de discernimento e acompanhamento vocacional.                   


Acesse o vídeo produzido pelo Carmelo de Curitiba:
https://www.youtube.com/watch?v=nyc_pa-i1X8&t=228s